domingo, 10 de março de 2013

O bezerrinho

No curral nasceu um bezerrinho
que é todo vermelhinho,
Nasceu tão fragilzinho.
Todas as crianças do mundo
iriam adorar ver o bezerrinho
que após nascer
já se levantou,
em poucas horas
saiu correndo.
Na manhã seguinte,
quando o sol nasceu
o bezerrinho corria
pra lá e pra cá
de rabinho levantado,
berrava um berro de alegria.
Que alegria e vigor do bezerrinho.
O velho dono do curral
roupa suja, barba por fazer
sorri de alegria
cada bezerrinho que nasce
mais viva é sua esperança
e sua alegria no viver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário