sexta-feira, 29 de março de 2013

Crença! a noite chegou

A noite chegou quase por completo.
A mais de dois mil anos, aquele que homem por muitos considerado filho de Deus não iria ver o mais o anoitecer. Ele foi crucificado sem se defender. Naquela sexta-feira sofreu entre dois ladrões e como um criminoso foi crucificado. Ele que só viu aquele dia nascer. A noite chegou por toda eternidade.
E a noite caiu como caia antes deste fato e continuou a cair e continuará a cair por toda a eternidade.
Quantos que viram a manhã passar e a noite hoje passou a ser eterna.
Através da minha janela vi a noite cair
e ela caiu antes que terminasse de escrever este pequeno texto.
A brisa atravessa a janela, não faz calor nem frio...
A televisão ligada... ouço blue.
Tanta coisa mudou de minha infância para cá. Mudei meu jeito de pensar...
O tempo já parece profundo em minha mente.
Jesus que a tanto morreu, ainda é importante, mas já não me parece o filho de Deus.
A borra da tarde se desfaz.
A comodidade e o respeito a certas cosias partiram com a tarde.
É noite, quantos que dormem não me chamariam de louco.
Quantos não me chamarão no futuro.
Cada povo, cada tempo.
E a memória da paixão continua viva em nossos corações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário