sexta-feira, 23 de novembro de 2012

O lago


O lago no fim da tarde estava tão tranquilo
que suas águas pareciam um imenso espelho.
Não vemos nada no seu fundo,
mas o peixes ali nada.
Em suas bordas pessoas
caminham,
em suas bordas aves e homens
pescam.
A luz do sol se vai
e o escuro da noite
cobre com seu 
mando escuro e frio
as águas do lago...
As luzes são refletidas
nas águas do lago
e se foi mais um dia
em que guardei em mim
um pouco do lago
um pouco do nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário