segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Insônia


Quando é noite profunda e todos dormem. Tudo é silêncio. Apago a luz com intenção de dormir, mas a luz que atravessa as frestas da janela e meus pensamentos ativos não me permitem dormir. Sinto calor ou frio. Acendo a luz, escrevo algo,  leio... apago a luz, mas o sono não chega. Fico deitado pensando, pensando... Grilos cantam, estrelas brilham. Oh, vida contemporânea. Como haveremos de viver com tantos problemas, pensamentos...
Penso no passado, penso no futuro. Penso...
Até que tenha sono chegue, meu Deus leva tempo.
E a madrugada chega e o sono onde foi?
Quando é dia, sinto sono, mas já é tarde demais para dormir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário