quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Infinita beleza

Cada um tem um sonho.
Alguns tem sonhos tão grandes,
outros sonhos tão pequenos.
O importante é que se tenha sonhos.
Quando se sonha
é possível fazer o impossível.
Um joão-de-barro não
sabe engenharia, nem é pedreiro,
as sua casa é uma obra de arte.
Trabalha sem parar,
trabalhar sempre a cantar.
Quem dera fossemos joões-de-barros.
Mas somos humanos,
parece que carregamos problemas,
cansaço... Estamos sempre querendo
mesmo sem trabalhar...
Só sabemos poluir.
Sonhos precisamos de sonhos,
precisamos observar
a natureza...
Tudo é tão efêmero,
por isso queremos poder consumir tudo?
Não somos mesmo ignorantes.
A vida assim não nos permitirá
termos netos...
Sonhos, mas consciente,
consumo consciente...
E o joão-de-barro não tá nem ai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário