segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Dia no cerrado

O sol é cada dia mais quente
que primavera diferente.
Poucas chuvas caíram
o barro já se desprende
em poeira fofa e vermelha.
Plantas verdejantes
e floridas...
Cerrado árduo
ao meio dia.
O sol só quebra a crista
depois das quatro da tarde...
As rochas ardem
e o dia passa e cansados
com o dia nos vamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário