terça-feira, 6 de março de 2012

Cair da tarde sob a lua


Quando a tarde chegou ao fim,
O sol foi aos poucos sumindo
E todo o céu foi ficando encarnado.
As cores foram sendo
Enxugadas do céu.
Enquanto o sol desaparecia no poente,
A lua surgia no nascente.
O sol e a lua cumprimentaram-se,
 Olharam-se e por um breve instante
E o sol sumiu e a lua surgiu.
Com a partida do sol
Toda a luz e todas as formas
Dissolveram-se de nossa vista.
A lua surgiu tímida
Feito luz de lampião
Que antes de ser aquecida
Têm uma cor amarela bonita
E logo que aquecida
Fica pálida.
A noite chegou acompanhada pela lua e pelo vento do nacente.
E eu sorri.

Nenhum comentário:

Postar um comentário