sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Pensar, sonhar e existir


Todo o meu ser é pensar, sonhar e existir. Não tenho como escapar dos acidentes da vida. Às vezes a vida é um acidente, um triste acidente em que se tem que viver até o fim. O resultados todos já sabemos que a perca é inevitável. E passamos a vida a pensar em algo que nos faça mais feliz, algo que nos faça esquecer o que é óbvio a morte é certa. E quando vivemos, ou melhor sobrevivemos, nas condições mínimas à vida temos que sonhar, senão resta-nos existir. Felizes são os animais e vegetais que vivem e não se dão por isso. Alguns sabem como lidar com a vida enquanto outros não sabem lidar com nada. Quantas vezes ficamos aflitos para que tudo dê certo e então passamos a pensar, a sonhar. Porque existimos independente disto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário