quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Relógio louco

E o tempo passa devagar,
os ramos das árvores
balançam de lá pra cá.
O sol sorrateiro vai
passando junto,
mas o sol seria o tempo?
ou uma medida do tempo.
Seria muito engraçado
medir o tempo pelo vento,
pelo canto das aves.
Talvez menos rotineiro.
Talvez mais verdadeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário