quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Passagem













O dia acaba a meia noite
e começa a meia noite.
O dia deixa de ser
e vem a ser.
e ciclicamente
o tempo vai passando
sem que percebamos.
Noite e dia, dia e noite.
Num contínuo
que não dar para perceber,
quando se percebe 
o que é já foi.
Passa a infância,
a adolescência,
logo nos tornamos adultos,
idosos e chega a morte,
e nos faz mergulhar na eternidade.
Nem percebemos
que na vida tudo
tem suas passagens,
pois assim como num dia
que temos
manhã, tarde e noite,
as vezes percebemos
outras vezes não.
O aniversário é uma
passagem por onde passamos
e não tem como voltar,
no entanto é através dessas
passagens que construímos
nossa essência,
que sobresaimos
a existência.
Temos que respeitar as passagens,
respeitar nosso corpo,
e por fim a nossa vida,
seguindo sempre
em frente, com esperança
de ver um novo amanhã
sempre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário