terça-feira, 13 de setembro de 2011

A tarde ensolarada

Que tarde bela, no quintal folhas caídas no chão dão um tom de verão.
Um quintal seco com uma palma e uma acacia o sol a brilhar,
canta forte o sabiá, logo a primavera vai chegar,
mas já posso ver o jasmim e seus buques branco e amarelos,
os ipês nus, mudando de roupa,
alguns coberto de flores,
como cantam o sanhaçus,
que tarde fatigueira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário