sábado, 17 de setembro de 2011

Solidão

A noite silenciosa cala minha alma.
No escuro dos meus pensamentos
nem um vento, nada perco a calma.
Certamente a solidão é só momento

Então, calo quem sou e o que sou,
me fecho feito uma concha,
e espero melhoras,

essa solidão vai passar

Nenhum comentário:

Postar um comentário