sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Leitura

Na vida há tanta coisa que desconheço. São tantos os mistérios que despertam em mim muita curiosidade, todavia aquele que mais me atem atenção, incontestavelmente, é o comportamento humano. Eu adoro  descobrir cada vez mais um pouco sobre o que um humano é capaz de fazer. Sei que sou incapaz de  interpretar esse universo e de longe não tenho a mínima pretensão, nem seria possível, já que somos como a água que toma a forma do recipiente que prende. Uma das ferramentas que descobri desde cedo foi a leitura, apesar de saber que existe a música, a pintura, o rádio, a televisão, dentre tantas outras vias. No entanto foi a leitura que me encantou e que me deu suporte nesse processo de compreensão do comportamento humano. Foi através da leitura que construí tudo que sou, sem ela, creio que ainda estaria no mesmo lugar o qual nasci. Descobri na literatura uma forma de construir e contar o meu mundo para eu mesmo. E foi mergulhando em leituras que conheci mais sobre religião, ciência, crença e fé. Foi através da ciência que descobri o mundo, e por mundo não pude apalpar esse mundo e ela me ensinou o necessário para tornar real o imaginário. Creio que com o tempo, vamos compreendendo mais o mundo e esse exercício da leitura torna-se algo prazeroso.
Com o passar do tempo, descobri que a leitura era mais valiosa que eu imaginava. Foi através dela que descobri isso. Passei a amar os livros mais que nunca. Descobri ainda que posso compreender melhor o mundo selecionando, direcionando minhas leituras. Uma das coisas que descobri foi que a poesia diz mais sobre o mundo subjetivo que qualquer coisa, descobri com a poesia que o ser humano, ao aprender e saber, acaba por sofrer mais, descobri ainda o valor e o peso das palavras. Aprendi com a filosofia que o exercício de pensar e aprender é algo inerente ao ser humano e que todos podemos aprender tanto quanto desejamos. E foi através da leitura que tive que desconstruir todos os mitos que me foram pregados na infância, creio que ficaram sequelas, alguns maus vícios de ideias. Foi através da leitura que passei a entender mais a humanidade e me tornar mais humano, ao menos na teoria. Para mim a leitura é uma prática diária, uma forma de compreensão do mundo, uma maneira de saciar minha curiosidade sobre o humano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário