sábado, 20 de agosto de 2011

Mistério



Sei que o que sou é o que desejo ser,
que o meu mundo subjetivo é profundo,
sei também que no meu mundo,
posso combinar com outros mundos,
Sei que o meu mundo encontrou o seu mundo,
e foi uma troca muito rica, 
voce me ensinou e eu aprendi,
voce me viciou a gostar de falar,
mas principalmente a gostar de pensar.
Sinta-se, pois és a estrela que me deu um norte,
ensinou-me a ser mais eu e a ser forte,
e que independente de onde venhamos,
não há um limite, não há limite para a mente,
é preciso ter fome de cultura, de aprender,
é preciso mesmo compreender,
que quando tudo parece bom ou bem,
logo virá uma mudança,
Aprendi com você que saber
não ocupa espaço,
é preciso ter nervos de aço,
para suportar e esperar,
o que não foi prometido,
é preciso ter convicção no que se pensa,
é preciso ter imaginação
e dar sentido a vida,
tirando-o da natureza, do humano, ou do divino,
pois nos vários mundos há muito mistérios
que povoam na mentes vivas,
e por isso que mergulhei no seu mistério,
para tentar construir o meu mistério
e dar sentido ao meu mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário