sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Marcas

Sei que o tempo passa,
sei também que não é de graça,
o tempo nos leva as forças,
o vigor, a beleza,
mas sei também que o tempo
ensina, aperfeiçoa.
Carrego na minha mente,
os vários lugares e pessoas
que o tempo me permitiu carregar,
carrego no peito muita saudade.
O tempo me ensinou que a vaidade
é um sentimento idiota,
ele me ensinou tirando tudo
que achava que tinha,
o tempo voa,
podemos ver isso nas
faces alheias,
porque muitas vezes
não nos vemos no espelho,
o tempo e o espaço,
o céu, o mar
minha vida como as ondas
se acabam na praia,
e descubro quem sou,
descubro que poderia ser,
mas a areia é o meu limite,
no relógio e na praia,
o tempo não existe
o que existem são
as marcas da vida,
feliz quem não tem cicatriz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário