terça-feira, 14 de junho de 2011

Quem sou?

Ando divagando no que sou e quem não sou.
Quem sou ou o que sou?
Falo e ninguém me entende,
por isso calo,
não falo, penso,
mas o meu pensar
está diretamente
ligado a língua,
sem ela como penso,
nada compreendo,
absolutamente nada,
todo o meu conhecimento
mais primoroso foi construído
através da língua,
e me vejo sem comunicar,
sem prensar,
por isso
me pergunto quando estou só,
mesmo tendo tanta
gente ao meu redor,
estou só,
e não encontro uma resposta para
quem sou,
sou minha língua,
o meu pensar,
meu interpretar,
ou não sou nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário