segunda-feira, 23 de maio de 2011

Imagens

Antes, muito antes, encontrava a felicidade numa tenda de flores,
nas flores e seus odores, andando pela mata de manhã e a tarde.
Podia caminhar livremente pela mata, a qualquer hora.
Sentia o cheiro das flores, o vento soprar.
Ouvia o riacho ecoar suas águas pedras abaixo.
Sentia a terra molhada, terra perfumada,
de flores, terras pintadas pelas ervas.
Como era belo ver a mata se fechar,
se vestir de folha,
ouvir cantar o sabiá, acauã, o joão de barro
no fim da tarde.
Como era bom ver a terra enxuta no fim do dia
e vertendo na manhã seguinte.
Quebrar um ramo de marmeleiro,
cheirar flor de jurubeba
ficar a contemplar a natureza.
Sinto muitas saudades,
muitas saudades,
hoje descobri que
a música pode abrir a minha mente
as doces memórias,
lá de Serrinha, toda minha...
Toda minha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário