domingo, 20 de março de 2011

Vento de estação

Nos campos nus,
corre o vento,
fazendo curvas,
reentrâncias,
espalhando a terra,
as olhas secas,
nos campos nus,
explora o vento,
pois já é tempo,
logo chegará ou outono,
as plantas estão
perdendo as folhas,
o sol já muda de lugar,
o clima começou a esfriar,

Vento, vento, vento
tu que mudas o tempo,
cheio de inventos,
tempo desvirgina
as formas, as cobras,
ventos loucos ventos,
sopram sem parar,
a qualquer hora,
em qualquer lugar,
sopra vento,
corre vento.

E sinto o vento me tocar,
toca minha face,
minhas mãos,

e faz ecoar
a natureza,
escava
a beleza,
esculpi
a natureza, areias, galhos,

é o fim da estação,
o fim do verão,
o vento de madrião,
fica a insultar,
tudo que passa,
tudo que fica,
e muda
a estação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário