quarta-feira, 2 de março de 2011

Sol

Esse sol que me alumia,
esse sol que trás o dia,
é o mesmo sol que certo dia,
brilhou para meus antepassados,
que agora estão deitados,
já não podem ser levantados,
esse sol que ao mundo
de energia alimentou
que alimenta,
que parece eterno,
tanto já inspirou,
Ra, Apolo
dentre muitas civilizações
que o agradeceram
e agradecem pela existência,
esse sol que me alumia,
esse sol que vai
e que volta,
nem vai e nem volta,
é o sol
coroado de brilho
de luz,
o sol que gerações
puderam e viram
as luzes e as cores,
é o sol
que parte a noite
e volta pela manhã
é o deus
que nos sustenta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário