quarta-feira, 16 de março de 2011

Nada

Quando olho para o horizonte
e busco um ponto mesmo distante,
às vezes não encontro
e tenho somente a mim,
para algo encontrar,
então me encontro num vazio,
pois sou quase sempre vazio,
nada reflete em minha mente,
nada crio, nunca aprendi a refletir,
nem um reflexo,
então sinto uma tristeza,
e penso no pensar,
na minha mente pobre,
e me volto para o mundo,
e encontro no discurso
vazio meu,
algo a que me apegar,
mas nada, fala,
então calo e me encontro em pleno nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário