terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Fim de noite

Quando se caminha sem nada buscar,
quando se sai para viajar,
a vida passa sem parar,
uma poesia, uma alegria!
É tarde tenho que dormir,
hoje nem liguei a luz de leitura,
vamos em frente
quem sabe o que vai acontecer amanhã?

Sei lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário