sábado, 22 de janeiro de 2011

Via

As ruas vazias,
escuras e frias,
a lua parte no poente.
um ônibus passa devagar,
um homem de bicilceta,
um outro caminha para
o ponto de ônibos,
pedalando sigo
para a universidade,
desço a rua do barro alto,
pego a santa isabel,
sigo pela rua que faz
esquina com o sapore,
e saio em frente ao tile center,
as ruas vazias,
escuras clareadas pela
luz da eletricidade,
cruzo o sinal
e pego a ciclovia, onde subo até
o cce,
e em seguida chego a
uma decida
que vai dar na unicamp
ainda escuro,
chego na taxo
e começa o meu dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário