quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Sonho


Queria uma casinha velha na serra,
podia viver a mexer com a terra,
contemplar a natureza,
refletir sobre a beleza
da vida, da nossa vida,
não seria uma poesia ou uma prosa,
seria uma sim vida,
em inércia.
Aquela casinha na serra,
aquele pedaço de terra,
quem sabe um dia,
fazendo minhas poesias,
encha minha vida de magia
e siga pra lá,
espero que esteja ao meu lado,
quero muito que siga comigo,
que tenhamos um abrigo,
pra poder ver a chuva cair,
o sol brilhar, a flor desabrochar,
as aves a cantar,
sentir o frio da brisa da tarde,
e viver em harmonia,
essa vida deveras curta,
mas parece tão comprida,
Sigamos para lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário