quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Músicas

Meu gosto por música não é lá apurado, nunca foi, aliás faz tempo que não ouço música. Na verdade quando morava em Serrinha, não tinha muitas opções, ou melhor, não tinha opções. Tinha uma ou duas fms e um monte de fitacassetes. Basicamente o que ouviámos era música brega, forró e sertanejo. Alguns cantores marcaram muito minha infância um dos que mais lembro e de Amado Batista, mais tarde vieram as duplas sertanejas e a minha predileta era Leandro e Leonardo. O grande sucesso "entre tapas e beijos" foi muito marcante pra mim, estourou no ano de 1988. Lembro porque na época vendia dindin no Porção, uma comunidade próximo a Serrinha do Canto, nessa época tinha nove anos. Era o climax das pessoas irem para São Paulo fazer a vida. Com a baixa escolaridade das pessoas pouco conseguiam, pois os empregos não ofereciam muito. Então era febre ir para longe e voltar no fim do ano com tênis de marca, camisas da hora, e um dois em um, e muitas fitas. A mulherada ficava maluca, com os patrícios vindo do sul. E o que tocava era a dupla Leandro e Leonardo. Eu pensava um dia irei pra lá e vou voltar pra namorar todas as meninas. E sonhava ouvindo as sertanejas. Nada disso aconteceu. Desgostei das músicas. Mais ainda quando ouço tenho boas recordações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário