sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Gênios

Quanto brilho emana de uma mente humana?
Einstein um dos maiores gênios humano era simples, contemplava a música, a natureza e o universo. Nasceu e cresceu como qualquer ser humano, teve dificuldades como qualquer ser humano, se preocupou com a estabilidade, quis um emprego, consegui, construir uma teoria tão importante que surpreendeu o mundo. Com sua simplicidade conseguiu ser conhecido por todo o mundo. Tocando seu violino, viajou onde jamais um ser humano conseguiu chegar, conseguiu se imortalizar, com o brilho de suas ideias. Não somos gênios como Einstein, mas como cada um que ler, que pensa, que acredita, pois somos peculiares e unicos. Quem sabe se nos desapegarmos muito dos nossos desejos, se sonhamos mais, não venhamos a brilhar, imortalizar-mos para além da sepultura, das nossas futuras gerações. Vivemos no mesmo mundo que viveram homens que conseguiram construir um mundo melhor, Sócrates, Galileu, Darwin, Bach, Machiavel, Hoobes, Ford, Nietzsche dentre outros. Sim eles viveram com todas as dificuldades de humanos o que nos separou foi apenas o tempo e o espaço, no entanto suas obras estão disponíveis para todos e quem dispor a fazer uma leitura, certamente será capaz de compreender melhor o mundo. Talvez se tivermos sede de compreender o mundo, tentar fazer algo pra torná-lo melhor, talvez assim teremos maior quantidade de gênios e quiçá um mundo melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário