terça-feira, 23 de novembro de 2010

Divagando

Quero contigo está,
pra sua mão apertar,
quero contigo sonhar,
e quando o sol sair,
quero te ver dormir,
um sonho singelo,
suave todo belo,

Quero passar o dia inteiro junto de ti,
na cama, na cozinha, na sala,
quero descascar alho, ser o seu suchefe,
ir ao cinema, ir as americanas,
pode ser pode ver os teus esmaltes,
até o sol partir.

Quero te levar,
pelas ruas tortas da vida,
minha doce querida,
cada flor apontar,
como declamar uma poesia,
da o nome a cada flor,
decifrar cada uma através de sua cor,
decifar a beleza,
que contém a natureza.

Pegado em sua mão,
passear por campos verdinhos,
onde se perde o horizonte,
muito mais que atrás dos montes,

quero mostrar o meu mundo,
sim, além dos sonhos,
além da vida,
contigo quero sempre está,

declamar uma poesia,
e ver em ti só alegria,

sentir o sabor das cores,
degustar do cheiro,
vestir roupas de flores,
ser eterno...

A vida é muito além do real,
a vida é a possibilidade do impossível,
e nos sonhos tudo podemos,
então vamos lá linda flor,
vamos esquecer a casa por arrumar,
vamos namorar.

Porque amanhã é segunda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário