domingo, 10 de outubro de 2010

lmebraças

Primeira TV que eu vi.
Desuita filha casada com Lolo, de Chico Franco tinha uma filha que teve vítima de paralisia infântil, esta menina nascera perfeita, corria era uma menina como todas as outras, o maldito vírus paralisou-a numa cadeira, filha única. Bem o fato que para amenisar a solidão e o olhar triste de Regane, seus pais compraram uma Tv a bateria, não lembro qual foi o primeiro dia que vi aquele objeto, mas lembro do objeto uma philco. O fato é que aquela tv trousse vida para a casa deles pois em Serrinha ninguém tinha comprado uma tv ainda, esta seria a primeira tv, lembro que a sala ficava cheia, lotadinha moleques sentados na sala, nas janelas e Rejane na melhor cadeira, aquela cadeira legal que tinha rodas, coisa que eu achava quando era criança. Era uma sensação quando acabava a novela as pessoas se iam e ficavam só os adultos, Rejane ficava ali e logo se aninhava e ia dormir. Essa semana liguei para meu pai que me falou muito triste da morte de Desu, senti uma tristeza muito profunda por tal má notícia, sei que todo o povo de nossa comunidade sentiu muito, pois essa mulher era extremamente dedicada a filha, a casa e ao marido. Partiu e deixa muita saudades e boas lembranças. Pensei muito sobre a morte e sobre a vida. Vida efêmera vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário