domingo, 17 de outubro de 2010

Esperança

As vezes não vejo motivos pra viver,
as vezes acho a vida injusta,
as vezes lutamos tanto e a morte nos vence,
ela sempre nos vencerá,
as vezes a vida dar muito brilho a algumas pessoas,
enquanto que a outras é só tristeza.

Como suportar a vida,
como suportar a vida se poucas vezes ela nos sorri,

Sorrio para a vida,
porque ela permite que eu seja,
e sendo, neste momento que sou,
eu estou vencendo na vida,
estou sorrindo dela.
As vezes ela me trás cada desespero.

Mas acordo feliz,
porque a vida sorri pra mim,
quando antes do sol nascer me acorda o sabiá,
quando passo num jardim e uma rosa sorri pra mim,
paro contemplo e retribuo com um sorriso.

As vezes ela sorri,
quando alguém com febre de viver, em toda sua necessidade sorri,
aperta minha mão e diz graças a Deus.
E me mostra o que é fé.

Assim é a vida,
assim sou eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário