quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Silencio da noite

O silêncio da noite.

Noite de inverno se entregando ao verão,
céu limpo estrelado,
noite muito escura,

faz um silêncio aqui,
silêncio que não se ouve um grilo.

Faz tempo que não ouço grilos,
mas mosquitos, incomodam quase sempre.

Hoje nessa noite,
eles resolveram fazer silêncio.

Será que estou surdo ou faz silêncio,
ou desconheço o significado de SILÊNCIO.

A noite adentro se arrasta,
sem vento,
sem som,

marcando o tempo no pulsar das estrelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário