quarta-feira, 4 de agosto de 2010

R. Preto

Meu bem, tu vais, mais sejas como a lua,
que sempre volta,
com sua mesma face
e que essa face sempre me diga,
eu te amo.
como a lua nasce sempre grande e bela no horizonte,
que tu sempre desponte,
com um sorriso pra mim.

Podes ir, não vás tão longe,
do meu horizonte,
quando amanhecer,
lembre que estou no mesmo lugar,
sempre,
só,
eu e o mundo,
o mundo e eu.
voce dormindo,
o mundo,
vasto, amplo,
tão meu e seu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário