domingo, 11 de abril de 2010

vida minha

Quando te encontrei bebi do teu olhar,
bebi do teu riso,
Quando te encontrei algo aconteceu, não sei, se voce sorriu, só sei que senti o cheiro da tua aurea, senti a candida vez.
Quando te encontrei, nem reparei a hora, os teus lábios.
não sei se qual dia da semana era.

Então quando acordei percebi que era sonho, percebi que era a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário