segunda-feira, 19 de abril de 2010

loucura da atualidade

Chega a noite, falta sono, que passa se lentamente ao longo de minha impaciente anciedade. O tempo não para, meus pensamentos me fazem sofrer, pois tenho prazo, tenho medo.
Nem nas noites escuras tenho sono, não me sinto bem e é durante o dia que vem o sono.
A anciedade e o medo me atormentam, como um relógio de areia, vejo a anciedade e o medo me sufocando, como pedras enchendo a ampulheta, o relógio vai parar.
O mundo atual é cada vez mais exigente, as pessoas precisam constantemente estarem produzindo, criando algo, pois esse novo rítmo é que nos dar o conforto que desfrutamos e este tem que ser mantido a qualquer custo, carro do ano, roupas da hora, internet, ir ao shop ver cinema, lojas, comprar, não tem outra forma senão trabalhar muito e suportar os desconfortos que nos servem pra mantermos tudo isso.
As pessoas parecem cada vez mais felizes, mais poderosas mais importantes, pois essa felicidade e essa importância são comprados a preço de suor.
Pacotes são comprados nas vitrines, livros e mais livros com a receita de como enriquecer, como ficar bonito, como ter saúde. Esta tudo lá na veja, istoé, contigo, dentre tantas, ah jámais tem uma edição que não ensine algo sobre desenpenho sexual.

Essa incerteza no futuro está me deixando doente.

Para que tudo isso?
Que loucura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário