quarta-feira, 30 de setembro de 2009

leva

A noite logo partirá,
vou me despedir,
não queria deixa-la partir,
sei que se eternizará,

nos meus sonhos sempre haverá de está,
vou logo dormir,
e novamente sonhar,
quem sabe nunca mais acordar.
Não posso deixar a noite ir,
mas não tem como fugir.
as noites sempre partirão
e hão de levar,
minhas forças,
meus sonhos,
minha vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário